Transforme os aparelhos eletrônicos em aliados na hora do estudo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O uso da tecnologia na educação vem transformando o modelo tradicional, em um espaço físico limitado, com hora e data, para um método totalmente acessível, onde o estudante faz os seus horários, dedica o melhor momento para realizar uma prova ou para rever o conteúdo.
Hoje a tecnologia permite que as instituições de ensino repaginem os seus modelos pedagógicos, que costumam ser centrados no professor e em sua delegação na passagem de conhecimento.
Com os avanços tecnológicos há a possibilidade na adoção de novas formas para aprender, focadas no estudante. A inserção do conteúdo no dia a dia, na realidade dos alunos, faz com que haja mais engajamento.
Atualmente, somos totalmente dependentes da tecnologia. Por que não utilizar o que está em nossas mãos, como o celular, como fonte de conhecimento? Sim, é possível aprender apenas tendo um smartphone com acesso a internet.
O que antes era muito difícil, hoje está a apenas um clique. Com a popularização da internet, ficou muito mais fácil acessar os conteúdos de qualquer lugar e no momento mais adequado.
Abaixo, seguem os tópicos que serão desenvolvidos:

  • O celular como um aliado
  • Tecnologias no ensino superior
  • A tecnologia unindo professores e alunos

O celular como um aliado

É difícil encontrar pessoas que não possuam smartphones, quando o índice é de pessoas mais jovens, o nível chega quase a zero. Assim, pessoas que desejam estudar e não têm tempo para se deslocarem até o destino, podem pegar o celular, indo ou voltando do trabalho e dedicar esse tempo para ler um conteúdo da sua área de atuação, por exemplo.
Os celulares, antes vistos como vilões no cenário educacional, hoje são os queridinhos de alunos e professores na hora de passar conhecimento. É possível estudar, ler e compartilhar conteúdos tendo nas mãos um celular conectado a internet.
Com a massiva migração de estudantes da educação presencial para a mobile, o que muitos tinham preconceito em estudar online, agora é visto como uma grande vantagem, sem a perda de qualidade.
Há muitas empresas investindo na educação mobile, já que esta nas últimas décadas tem mostrado o seu poder e a quantidade de pessoas interessadas, isso vem devido a acessibilidade e a grande quantidade de cursos que podemos encontrar no meio mobile.
Com o desenvolvimento mais claro dos conteúdos, o estudo mobile acaba sendo uma boa opção para quem quer se qualificar e não sabe como conciliar os estudos com o trabalho.

Tecnologias no ensino superior

Um grande número de instituições do ensino superior conta com tecnologia para transmitirem os seus conteúdos. Mas, o desafio acaba sendo a presença da tecnologia nos espaços educacionais e sim projetos que utilizem dessas novas ferramentas para se atribuírem dessas fotos, criarem e compartilharem conteúdo. Isso é preciso porque a tecnologia sozinha, não faz a transformação necessária no meio da educação.
A mescla dos métodos de ensino é uma tendência no aprendizado mobile e presencial. Mas na educação online, a presença desses recursos acaba sendo mais evidente.
Não há mais aquela necessidade de forças alunos a deixarem os seus smartphones de lado, hoje é fundamental o uso deles para fazer a interatividade entre conteúdo e alunos.

A tecnologia unindo professores e alunos

O uso da tecnologia, por mais que possa nos levar a outros lugares, conhecer gente do outro lado do mundo, é uma ferramenta fundamental para aproximar pessoas que estão próximas.
Ela consegue unir professores e alunos, já que utilizam a linguagem escrita a frente da oral, fazendo com que eles possam interagir com mais qualidade e gerando laços.
Um desafio que pode aparecer ao inserir tecnologia nesse relacionamento e que vemos como algo natural, é a resistência dos docentes à invasão da tecnologia nas salas de aula.
O que acaba acontecendo e que deve ser prevenido pelas escolas, é que não basta colocar a tecnologia à disposição, é preciso treinar esses professores para usá-las, mostrando como ela pode ser uma grande aliada na hora de passar conhecimento.
Com o massivo uso de celulares e tecnologias, deixá-los de lado, acaba fazendo com a sua metodologia de ensino fique defasada, monótona e alunos desinteressados.
Fazer com que o aprendizado seja mais ativo e focado nas necessidades dos estudantes, fazendo com que as aulas sejam leves, estreita o relacionamento de professores e estudantes.