Planos de estudos 2019

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

É normal que um novo ano traga novas perspectivas e metas, e muitas pessoas gostariam, mas não sabem como se programar para reservar um espacinho para a área da educação.
Não é apenas separar um tempo e estudar, é preciso planejar, se organizar e ver qual o melhor caminho para chegar até onde se quer. Desenhar o seu plano de estudos, vai fazer com que o seu tempo renda e que você aprenda muito mais.
Muita gente acaba deixando a educação de lado, por achar que precisa de muito tempo para que o estudo seja efetivo, mas não é bem assim. Aprender está muito mais ligado a qualidade do que a quantidade de horas reservadas para o aprendizado.
Definir onde você quer chegar e quando, é o primeiro passo para ver qual o tempo necessário para que isso ocorra. Neste artigo vamos dar dicas para que o seu plano de estudos de 2019 seja perfeito e esteja alinhado com os seus objetivos.
Abaixo, seguem os tópicos que serão desenvolvidos:

  • Defina as suas metas
  • Rotina x objetivos
  • Foco nas matérias mais difíceis

Defina as suas metas

Existe um caminho traçado para chegar se chegar em qualquer lugar, por isso é importante que você saiba aonde quer chegar. Isto é importante para que você tenha foco, e saiba quais objetivos deve seguir para alcançar a meta. Para que isso ocorra, coloque as suas metas em seu plano de estudos, sem dúvidas eles irão te ajudar a acompanhar as suas evoluções.
Veja qual tipo de metas mais se adequa ao seu perfil: diárias, semanais ou mensais. Completando cada uma, você pode ir se recompensando, isso vai lhe motivar a sempre correr através e se dedicar, gerando mais confiança nos estudos.
Não deixe de colocar pequenas pausas em seu plano de estudos e as deixe bem especificadas. Devemos frisar bem essa parte, porque se você não destacar em que parte fará uma pausa, há riscos de seu planejamento ficar desorganizado.
O indicado é que a cada uma hora de estudo, você dê intervalos de 5 a 10 minutos, assim não há uma sobrecarga do cérebro.
Reserve um tempo para fazer exercícios extras e provas antigas, muitos estudantes acabam deixando esses testes para quando sobrar tempo, mas como é difícil sobrar tempo, você pode acabar deixando essas tarefas de lado.
Provas antigas e exercícios são muito importantes para que você entenda mais como está o seu desempenho e o que deve ser feito para melhorá-lo.
Organização é a chave para você chegar onde quiser. Por isso, caso seja necessário, organize-se de novo. É muito melhor parar e se organizar, ou até mesmo montar um novo plano de estudos, do que ficar empurrando algo que não anda bem.
Por mais que você possa estar atrasado ou adiantado em seus estudos, se o ritmo não está de acordo, vale a pena parar e reorganizar.

Rotina x objetivos

O pontapé inicial para você conseguir se organizar é definir como será a sua rotina de estudos. Primeiro é identificar quais são as suas obrigações fixas e quais os momentos que você tem livre.
Se você não consegue entender a sua rotina, chegou o momento para organizá-la e fazer a reprogramação.
Depois, será preciso definir qual é o seu objetivo de estudo. É interessante escrever esse objetivo com todos os detalhes possíveis. Nome do curso, prova, carreira que você deseja, e o que é necessário para chegar até o seu objetivo.
Una o que é particular em sua rotina e os esforços necessário para que você alcance os seus objetivos no estudo. Relacione o seu tempo disponível com as suas metas.
É preciso pensar nesse combo, mas de maneira realista, tomando cuidado para não se sobrecarregar.

Foco nas matérias mais difíceis

Sem dúvidas é muito mais prazeroso estudar uma matéria que nós gostamos, mas em um plano de estudos, é preciso que você foque mais em disciplinas que você tenha mais dificuldade, já que isso poderá fazer toda a diferença na hora de obter os resultados.
Identifique as matérias em que possui mais dificuldades e dentro desse grupo, veja quais são as fundamentais para a prova que você irá realizar. Faça o seu plano de estudos dando uma atenção especial para essas matérias.
É mais valioso estudar conteúdos que não temos tanta afinidade e sabemos que irão cair na prova, do que aqueles que já dominamos.
Não deixe de olhar o edital da prova que você vai fazer, lá terão os conteúdos previstos, o que é muito importante, já que cada carreira possui maneiras diferentes de comporem a nota.
Descubra as matérias com maior peso e como elas compõe a nota, assim você poderá dar mais atenção em seu plano de estudos.