Melhore sua performance com Mindfulness

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Em um cenário mundial de mudanças, que abrange inclusive a área de gestão de pessoas, é notória a discussão sobre o desenvolvimento empresarial que vai além de estratégias de treinamento, motivações e outras técnicas.
Os colaboradores e os modos de trabalho mudaram, surgindo novas necessidades. Através de métodos de meditação, o chamado mindfulness é difundido em empresas como uma ferramenta que busca suprir as novas demandas do mundo comercial.
No mundo atual de full time, onde tudo acontece ao mesmo tempo, o ser humano é adaptado para ter múltiplas tarefas. Por exemplo, enquanto escreve um texto, pensa na atividade que deve entregar, ou nas compras que deve fazer, não obtendo o foco necessário para realizar cada tarefa individualmente. A atividade de mindfulness busca, através exercícios como a meditação, fazer com que você consiga focar a atenção em situações e estados metais presentes.
Este artigo pretende explicar o que é o mindfulness, apontar sua importância e auxiliar a implementação da técnica. Segue abaixo os principais temas que serão abordados:
 o  O que é mindfulness
 o  Como o mindfulness pode ajudar você a vender melhor
 o  Como aplicar o mindfulness em sua rotina

O que é Mindfulness

Mindfulness é uma palavra de origem da língua inglesa, cuja tradução em português é atenção plena. o termo é multifacetado, e interpretado sob diversas perspectivas, sendo uma delas o estado mental.
O chamado estado mental faz relação com a maneira de exercer atenção e atitude de abertura diante das situações. Logo, o conceito se opõe ao costume atual da era digital de agitação mental e full time, onde o corpo se encontra presente, mas a mente está vaga.
Em diversas situações da vida diária, o homem é encontrado no estado de piloto automático e desatenção. Um exemplo relacionado ao caso pode ser encontrado no ato da leitura. Muitas vezes é preciso retornar páginas para entender o que foi lido, já que a leitura se tornou automática e desatenta. Com isso, o indivíduo que possui mindfulness de estado mental, exerce um componente claro de atenção.
De acordo com dados da Microsoft, nos últimos 5 anos o indivíduo perdeu significativamente o poder de atenção. Segundo a pesquisa, antes da era digital, a média de atenção da mente humana a um determinado objeto ou situação era de 13 segundos, hoje a média baixou para 8 segundos. Com isso, o indivíduo muda de foco e atenção muito rapidamente, conseguindo prender a atenção em média por apenas 8 segundos.
É muito comum a associação do conceito de mindfulness a atividade de meditação. Mas é preciso entender que a aptidão de mindfulness não é necessariamente a meditação em si, mas sim, muitas vezes, a vinculação da prática meditativa para o seu aprimoramento. Uma das ferramentas de mindfulness é o exercício de meditação como treinamento de estado mental para o uso diário.

Como o Mindfulness pode ajudar você a vender melhor

Na era atual de multitarefas, é comum acreditar na realização de muitas atividades como otimização e eficácia de tempo e de produção. Porém, a realidade é outra. As mudanças de atenção e foco em curto espaço de tempo geram gastos energéticos e cansaço. Segundo estudos, a técnica de multitasking, ou multitarefa, resulta na perda significativa de eficiência em até 40%.
O mindfulness treina o estado mental de atenção e a chamada mente de principiante. O conceito de “mente de principiante” faz relação ao estado de contato com situações a partir da premissa de primeira e última vez, tirando as amarras do passado que produzem a técnica de adivinhação do presente e futuro na mente humana.
Segundo líderes corporativos, a técnica proporciona equilíbrio e distanciamento de pensamentos, criando um ambiente de trabalho eficaz e saudável. Já os colaboradores acreditam ser uma ótima ferramenta, que auxilia a manter a atenção e foco em um cenário de distrações diárias que podem acarretar no atraso e na queda de produtividade.
Segundo estudos feitos pela Universidade americana de Harvard, de todo o tempo em que um indivíduo permanece acordado, 47% é gasto com a mente dispersa.
O resultado da aplicação da técnica alcançou resultados excelentes de aumento de concentração e eficiência, a ponto de empresas de renome começarem a aderir à atividades de estímulo do mindfulness. A empresa Google, por exemplo, criou seu próprio programa que equilibra o método de mindfulness a diversas atividades de inteligência emocional e neurociência, o chamo “search inside yourself”, traduzido para português como “procure dentro de si mesmo”.
A adesão a prática de mindfulness proporciona diversos benefícios para o indivíduo, seja profissionalmente ou pessoalmente. São eles:

  •   Distanciamento: com a prática, é possível criar distanciamento das chamadas crenças limitadoras, dotadas de questionamentos negativos.
  • Conexão: o indivíduo apto a prática, exerce uma conexão interior-exterior maior, conseguindo identificar pontos a serem aprimorados e reflexões de seu ambiente.
  •  Novos padrões da mente: Com a consciência mais elevada, o indivíduo consegue se dissociar do piloto automático
  •  Criatividade: com a criatividade aflorada, o indivíduo dotado de mindfulness poderá buscar na adversidade novos caminhos a seguir.
  •  Relacionamentos interpessoais: a técnica proporciona a otimização dos relacionamentos interpessoais, através da predisposição a empatia e proatividade

Como aplicar o Mindfulness em sua rotina

Embora considerada uma capacidade inata, onde a partir de influências genéticas, indivíduos nascem mais capacitados do que outros, o mindfulness pode ser adquirido a partir de treinamentos e empenho mental.
Assim como as atividades físicas, quanto mais treinada a técnica de mindfulness, maior será a aptidão do uso diário. De acordo com pesquisas, 30% da capacidade de acesso de estado mental de mindfulness no dia a dia é resultado de combinações genéticas. Porém, 70% da capacidade é treinável, com isso, qualquer pessoa pode adquirir a capacidade de mindfulness.
A simples prática do mindfulness, se aplicada diariamente, proporciona o aumento significativo de atividades pré-frontal do cérebro humano, auxiliando no treinamento deste para exercer níveis maiores de concentração, além de aliviar e até evitar as crises psicossomáticas, associadas por exemplo, a dores de cabeça.
Para a implementação do mindfulness, existem programas e cursos de intervenção de aprendizado das técnicas para o uso diário. Mas algumas técnicas podem ser utilizadas como treinamento no dia a dia:

  •   Lembrar: É preciso sempre estar atento e lembrar da ideia de estar em mindfulness. O policiamento no dia a dia é essencial para a implementação da capacidade da mente humana, seja em uma conversa, seja lendo livros, ou realizando tarefas.
  •   Pausar: No ambiente de correria do dia a dia e do mercado de trabalho, é primordial parar um pouco para respirar. A partir da técnica de respiração e reflexão, é possível reconquistar a consciência para o momento com o corpo. A técnica de respiração e reflexão trabalham a consciência corporal, fundamental para o funcionamento equilibrado da mente e corpo humano.

É fundamental para a sua implementação levar em consideração alguns pontos da prática, tais como: tornar o exercício de mindfulness um hábito diário e criar periodicidade e frequência para a prática.
Um exercício muito usado em empresas é a prática de meditação como a implementação do mindfulness em indivíduos de uma equipe. Um exercício muito comum é a atividade de respiração.
1)  Interrompa a atividade cotidiana e preste atenção em sua respiração. Seja lavando a louça, realizando tarefas de trabalho, tomando banho, apenas pare e concentre-se na respiração. Sinta o ar entrando pelo nariz, absorva a sensação da caixa torácica se expandindo e voltando ao normal de acordo com o ar.
2)  Aproveite e absorva todas as sensações do corpo. Foque sua atenção aos sentidos: tato, audição, paladar, olfato. Sinta as reações do corpo ao recebimento de informações dos sentidos humanos, sejam tensões musculares, relaxamento ou até dores.
3) Permita-se conectar com os sentimentos, seja agitação/irradiação, calma/tranquilidade, tristeza/felicidade. Apenas respire e conceda a oportunidade de aceitação e relaxamento em qualquer situação presente.