Como cuidar da saúde no ambiente corporativo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Tensão, dor de cabeça, incômodo nos ombros, pernas inchadas. Muitas vezes o cotidiano do trabalho pode ser bastante desgastante. Pensando nisso, muitas empresas têm-se preocupado com a saúde laboral de seus colaboradores.
O ambiente das corporações pode influenciar diretamente na saúde do profissional, seja ele de qual área for. Por isso é tão importante que os setores responsáveis pela gestão de pessoas das empresas invistam em projetos que envolvam o bem-estar e a qualidade de vida de seus colaboradores.
 
Você já ouviu falar em ginástica laboral?
A ginástica laboral é uma atividade que vem sendo desenvolvida nas empresas com o principal objetivo de prevenir patologias relacionadas às práticas laborais. Também é uma oportunidade de incentivar os colaboradores a fazerem atividades físicas, além de estimulá-los a buscar qualidade de vida e saúde.
Geralmente, a ginástica laboral é realizada nos postos de trabalho ou em algum espaço específico dentro da empresa. A duração das aulas gira em torno de 15 a 20 minutos, três vezes por semana ou mais, sendo uma espécie de pausa saudável no dia a dia tão estressante dos colaboradores.
 
Mas qual é a importância da ginástica laboral no aumento da produtividade?
Não basta que o capital humano exista para que uma empresa tenha sucesso. É fundamental um ambiente corporativo saudável, com uma força de trabalho que reúna conhecimento, criatividade e bem-estar.
O aumento da produtividade é proporcional à manutenção da saúde dos colaboradores e inversamente proporcional ao absenteísmo. Pessoas saudáveis adoecem menos, logo faltam menos ao trabalho. Também trabalham mais felizes, o que contribui para o crescimento da produção e, consequentemente, para o sucesso das organizações.
 
Medidas simples para ter qualidade de vida no trabalho
Esse crescimento pode ser obtido por meio de atitudes simples, tomadas com certa frequência, que refletem diretamente na qualidade do serviço prestado. Listamos abaixo 5 medidas que podem resultar em bem-estar durante o trabalho. Vamos a elas?

  1. Inscreva-se em um curso de ginástica laboral on-line

Recente no Brasil, o Vale-Educação é um benefício que disponibiliza um aplicativo educacional com mais de 40 cursos on-line e que permite que o colaborador tenha acesso – via smartphone, tablet ou computador – a aulas para seu desenvolvimento pessoal e profissional. Nas aulas de ginástica laboral, o colaborador tem à disposição quatro módulos, que incluem temas como ergonomia, doença ocupacional, respiração, movimentos e fortalecimento para punhos, ombros e tronco, entre outros. Ao final do curso, o participante recebe um certificado.

  1. Crie hábitos que proporcionam uma postura corporal adequada

Ficar horas em frente ao computador não é recomendável. De tempos em tempos, levante-se e, se possível, dê uma pequena caminhada para relaxar músculos e articulações. Regule a cadeira de forma que o encosto apoie a lombar. Verifique o assento e o braço da cadeira e assente-se na parte posterior. Os braços devem estar apoiados em um ângulo de 90 graus e as pernas precisam ficar apoiadas no chão, na mesma angulação.

  1. Fique atento à iluminação de sua estação de trabalho

Nem muito claro, nem muito escuro. Se o problema for o excesso, procure por cortinas ou lâmpadas mais fracas. Se estiver faltando, uma boa dica são as luminárias de mesa. A falta ou o excesso de luz podem contribuir para problemas na visão

  1. Organize sua mesa

Mesas bagunçadas causam estresse e desvio de atenção, mesmo que você não perceba. Procure um lugar para armazenar pequenos objetos, como livros, cadernos, lápis, caneta etc. Encontre um espaço no cantinho da mesa em que você possa colocar uma plantinha ou uma imagem com vegetação. A natureza representa paz, tranquilidade e conforto.

  1. Combine exercícios e reeducação alimentar

O que adianta você exercitar se estiver abusando do que consome? A obesidade é um dos grandes inimigos da qualidade de vida e da promoção da saúde. Por isso, o ideal é controlar a boca, seguir uma dieta específica aos seus objetivos e sempre se exercitar.
 
Como se vê, são atitudes simples que demandam pouco tempo, mas um resultado enorme. Então, que tal começar a cuidar de si?